Desafios na contratação de nosso primeiro funcionário
[ editar artigo]

Desafios na contratação de nosso primeiro funcionário

Todos quem entram no mundo do empreendedorismo sabem que uma hora ou outra terão que recrutar uma pessoa e montar uma equipe, seja para poder expandir a empresa ou otimizar processos internos. Tanto para uma vaga de gerente quanto de um estagiário, esse processo é de extrema importância em qualquer corporação. Entretanto, não são todos os empresários que estão preparados para escolher a pessoa certa. Eu mesmo já passei por isto. Veja a minha história.

Qual o melhor momento para contratar?

Em dezembro de 2016 quando iniciamos as operações da Rubber BR éramos em apenas 2 pessoas para administrar e operacionalizar todas as atividades da empresa. Para não pesar nos custos da Rubber, decidimos aguentar nesse formato até o tempo que conseguíssemos resistir, e em dezembro de 2017 decidimos expandir a equipe.

Há muitas opiniões que divergem a respeito de qual é o momento certo para se contratar uma pessoa: alguns acreditam que pessoas são investimentos e que é importante preparar uma equipe forte mesmo antes da empresa entrar em um ritmo equilibrado; há outras pessoas que acreditam que o bom empreendedor deve fazer tudo sozinho, se sacrificar e economizar dinheiro ao máximo, até o momento em que as coisas já estão rentáveis o suficiente para poder pagar um salário para alguém.

Apesar de concordar mais com a primeira sentença, acabamos optando pela segunda. Em tempo, é importante frisar que nesse período pré-contratação compartilhamos muito nossas experiências com diversas pessoas mais experientes, e que relevei muitas dicas e conselhos até poder sentir que a Rubber estava, de fato, preparada e seguindo um caminho correto.

Gosto de dizer que, no momento que abrimos uma vaga de emprego para alguém fazer parte da Rubber BR, nossa responsabilidade aumentou muito. Na minha opinião uma contratação faz com que dividamos o sonho da nossa empresa com outra pessoa. Sentimos que o futuro dessa pessoa contratada está, de certa forma, em nossas mãos, e quero um dia poder fazer a diferença na vida de cada um que entrar na empresa, seja com uma qualidade de vida melhor, seja um bônus financeiro, ou mesmo uma conquista compartilhada.

Resultado de imagem para delegar

Quais atividades deverão ser delegadas?

Quando o grande momento de expandir chegou, estávamos confiantes que iríamos encontrar rapidamente a pessoa certa para vestir a camisa da Rubber. Não foi bem assim. O que realmente queríamos era uma pessoa perfeita, que acreditasse no nosso propósito, se sacrificasse pela empresa e estivesse disposta a fazer de tudo um pouco. No entanto, antes mesmo de achar essa pessoa, por incrível que pareça, a tarefa mais difícil foi decidir quais atividades seriam repassadas e quais seriam suas responsabilidades.

Quando se abre uma empresa praticamente sozinho, você fica responsável por tudo, por todas as decisões, todo relacionamento, todas as atividades e todas as ações. Um erro seu compromete toda a empresa e um dia a menos de trabalho pode atrasar todo um cronograma. Ao compartilhar essa agenda de compromissos é muito importante ter claro o que você realmente quer delegar. Priorize delegar as tarefas que te ocupam muito tempo ou as tarefas que você não sabe fazer com perfeição, assim você consegue ocupar seu tempo com algo que você sabe fazer bem, e ainda otimiza as suas funções e responsabilidades dentro da empresa.

 

Resultado de imagem para Perfil ideal

 Você sabe qual o perfil ideal?

Após definida as funções e responsabilidades, fica mais fácil você delimitar o tipo de perfil que a pessoa contratada deverá ter. De antemão saiba que não existe um perfil ideal para qualquer vaga, mas sim existe um perfil ideal para a sua vaga. O perfil escolhido para fazer parte dessa aventura chamada Rubber BR incluía um importante quesito: ser jovem. Nessa época onde a Geração Z está ingressando no mercado de trabalho, apesar do dinheiro ser uma forte motivação, a grande maioria acredita que o salário não deve ser a única finalidade do trabalho. Muitos fazem questão de encontrar oportunidades de crescimento em uma empresa, além de reconhecimento e autonomia. Acredito que muitos desses não querem trabalhar apenas para pagar contas, mas para também fazer o que amam. Entretanto, queríamos muito encontrar alguém com o espírito empreendedor. A grande dificuldade é que essas pessoas não querem emprego, mas, assim como nós, querem abrir a própria empresa.

Independente da área que você procure um empregado, seja um perfil mais técnico para uma área operacional ou um perfil mais comunicativo para uma área comercial, busque sempre ver nas pessoas qual realmente é o propósito delas. Será que elas realmente acreditam que podem fazer a diferença para sua empresa? Será que você poderá confiar e designar parte do seu tempo e do seu conhecimento para treiná-las?

Contratar uma pessoa não é nada fácil, mas é necessário. Procure entender o que você precisa, analise com cautela as funções que serão designadas e pesquise muito uma pessoa com o perfil ideal para você e para sua equipe. É uma parte da sua empresa que você estará dando para responsabilidade de outra pessoa. Quem é empreendedor sabe que qualquer parte da empresa é muito valiosa e deve ser cuidada com muito carinho.

Comunidade Empreendedora
Continue lendo
Indicados para você